Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Vendas móveis já são 48% da receita do varejo no Brasi
Vendas móveis já são 48% da receita do varejo no Brasi

19 de março de 2018

No Brasil, varejistas que investem em vendas via app e web mobile já têm 48% das transações online feitas em dispositivos móveis. Além disso, das compras realizadas pelo desktop, 22% das vendas são precedidas de um clique no ambiente móvel, revela o estudo Análise do E-commerce no Mundo, referente ao último trimestre de 2017, feito pela Criteo.

Segundo o relatório, na América Latina, os pedidos feitos via desktop ainda são maioria, com 52%, entretanto, as compras feitas pela web mobile já chegam a 29% e as finalizadas em aplicativos representam 19%. Considerando somente o ambiente móvel, os apps correspondem a 40% das transações. Globalmente, as vendas concluídas em aplicativos já somam 46%, um aumento de 48% em relação ao ano anterior.

“Fica claro que agora já não basta apenas ter um site responsivo, os lojistas e marcas precisam ter estruturas mais elaboradas, como aplicativos para atender o consumidor no ambiente móvel. E isso sem deixar de lado os outros canais. A jornada de compras é complexa e envolve vários dispositivos e telas. O foco deve ser sempre o cliente. Tendo isso em mente, as chances de ser bem sucedido são enormes”, comenta Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina.

Veja abaixo mais detalhes do estudo:

A consolidação do mobile

No Brasil, a web mobile está consolidada e os smartphones seguem ganhando relevância quando o assunto são compras online. No último trimestre de 2017, houve um aumento de 51% nas transações realizadas através de celulares (apps excluídos) em relação ao mesmo período do ano anterior. Em compensação, os pedidos feitos via tablet tiveram queda de 43%, enquanto os feitos via desktop caíram 13%. As categorias mais vendidas no ambiente móvel, sem considerar transações feitas através de aplicativos, foram: Cultura/Mídia (38%), Saúde/Beleza (37%), Grandes Redes Varejistas (36%), Fashion/Luxo (34%), Produtos para o lar (34%) e Computação/Tecnologia (25%).

Apps de compra: uma tendência que só cresce

Revelando uma forte tendência global, o estudo constatou que na maior parte das regiões (que além da América Latina ainda incluem América do Norte, Europa, APAC-Ásia Pacífico, Oriente Médio e África), o mobile já responde por mais de 50% das transações online e as vendas por meio de apps lideram. Na América Latina, varejistas com aplicativos geram 48% das vendas em dispositivos mobile. Também na região, a taxa de conversão em apps é três vezes mais alta que na web mobile.

Onde e quando encontrar os consumidores?

As descobertas do relatório apontam para a necessidade de varejistas e marcas investirem em estratégias cross-device para engajar os consumidores. Segundo o levantamento, clientes identificados em diferentes dispositivos durante a jornada de compra gastam em média 17% a mais. O estudo também procurou entender em que momento os consumidores usam cada dispositivo. As compras feitas por desktop lideram durante o horário comercial, entre 9h e 18h. Já os dispositivos móveis são mais utilizados durante à noite e aos finais de semana.

Fonte: Convergência Digital 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE - CORONAVÍRUS

Para preservar os nossos funcionários, os atendimentos estão funcionando apenas nos e-mails:

Suporte: suporte@credilink.com.br
Financeiro: financeiro@credilink.com.br
Pos-venda: posvenda@credilink.com.br

Os nossos telefones fixos estão temporariamente indísponíveis.

Salientamos que os nossos serviços continuam funcionando normalmente 24h por dia.