Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Segurança da Informação: prevenir não basta mais às corporações
Segurança da Informação: prevenir não basta mais às corporações

24 de julho de 2017

As empresas estão transformando suas estratégias de gastos com segurança em 2017, afastando-se das abordagens restritas à prevenção para se concentrarem mais na detecção e resposta, aponta o Gartner. De acordo com a consultoria, os gastos mundiais em segurança da informação deverão atingir US$ 90 bilhões neste ano, um aumento de 7,6% em relação a 2016, e chegar a US$ 113 bilhões até 2020.

“A mudança para métodos de detecção e resposta abrange pessoas, processos e elementos de tecnologia e impulsionará grande parte do crescimento do mercado de segurança nos próximos cinco anos. Embora isso não signifique que a prevenção não é importante ou que os CISOs (Chief Information Security Officers) estão renunciando à prevenção de incidentes de segurança, é deixada uma mensagem clara de que a prevenção é inútil a menos que esteja vinculada a uma capacidade de detecção e resposta”, diz Sid Deshpande, Analista de Pesquisas do Gartner.

Deshpande afirma que a escassez de competências está conduzindo os gastos com serviços de segurança. Muitas organizações carecem de conhecimento organizacional estabelecido sobre as estratégias de detecção e resposta em segurança porque as abordagens preventivas foram as táticas mais comuns por décadas. Os conjuntos de habilidades são escassos e, portanto, permanecem em organizações líderes premium que buscam ajuda externa de consultores de segurança, Provedores de Serviços Gerenciados de Segurança (MSSPs) e terceiros.

A necessidade de detectar e responder melhor a incidentes também criou novos segmentos de produtos de segurança, como deception, Detecção e Resposta de Endpoints (EDR), segmentação definida por software, Intermediários de Segurança para o Acesso à Nuvem (CASBs) e Análise de Comportamento de Usuários e Entidades (UEBA). Esses novos setores estão criando novos gastos líquidos, mas também estão deixando de fora despesas de segmentos já existentes, como segurança de dados, segurança de rede da Plataforma de Proteção Corporativa (EPP) e Gerenciamento de Eventos e Informações de Segurança (SIEM).

 

Fonte: Convergência Digital

 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE - CORONAVÍRUS

Para preservar os nossos funcionários, os atendimentos estão funcionando apenas nos e-mails:

Suporte: suporte@credilink.com.br
Financeiro: financeiro@credilink.com.br
Pos-venda: posvenda@credilink.com.br

Os nossos telefones fixos estão temporariamente indísponíveis.

Salientamos que os nossos serviços continuam funcionando normalmente 24h por dia.