Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Pesquisa traça perfil de consumo dos brasileiros acima de 60 anos
Pesquisa traça perfil de consumo dos brasileiros acima de 60 anos

11 de novembro de 2016

O Brasil deve chegar em 2025 com mais de 31,8 milhões de idosos. Essa estimativa sinaliza a necessidade do setor de comércio e serviços se adequarem a um novo público consumidor. Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas apontou que 34% das pessoas acima de 60 anos afirmaram sentir falta de produtos segmentados as suas necessidades.

 

Embora a maioria dos idosos garanta ter autonomia para decidir como gastar o próprio dinheiro, 67% ao total, boa parte dessa parcela de idosos se ressente da falta de produtos pensados especificamente para atender às suas necessidades.

 

Para ajudar os empresários a pensar em estratégias para este nicho de mercado, a pesquisa traçou o perfil dessa parcela de consumidores e quais as suas intenções de compra até o final do ano. Comprar roupas está no plano de 29% deles, seguido de calçados com 19% da intenção de consumo. Fazer uma viagem está nos planos de 19% deles, renovar os eletrodomésticos é a prioridade para 13%. Outros 12% vão procurar por tratamentos dentários estéticos até dezembro. Dado que impressionou as entidades setoriais foi que 53% dos idosos brasileiros pretendem comprar produtos e/ou serviços que demandam uma quantia financeira maior nos próximos 12 meses.

Pedidos especiais

A pesquisa ressaltou que a adaptação a esse novo público é quase nula no País. Entre as queixas e pedidos dessa parcela da população o destaque vai para a falta de sinalização com letras maiores em lojas e em rótulos foi mencionada por 27% e 34% dos respondentes, respectivamente.
Aparelhos celulares com teclados legíveis também é uma reivindicação dessa parcela de consumidores; 13% deles gostariam de encontrar esse artigo com mais facilidade. Mesmo com a intenção de comprar roupas sendo alta, 17% das pessoas acima de 60 anos afirmaram não encontrar lojas com produtos específicos a sua idade, ou são roupas para pessoas muito jovens ou para pessoas de idade bem mais avançada.

 

Hábitos de consumo

A escolha de um estabelecimento para fazer suas compras é feita levando em consideração principalmente o preço, fator mencionado por 69% dos idosos, a qualidade por 54% e o atendimento por 48%. Os principais locais de compra deles são as farmácias/drogarias segundo 49%, lojas de rua/bairro com 41% de menções e lojas de shoppings, local preferido por 25% deles. No caso de serviços oferecidos em domicílio, os mais relevantes para entrevistados são a entrega de medicamentos com 63%, de compras feitas em supermercados com 50% e de lanches ou comida com 32%.

Falta de crédito

A falta de crédito é outro fator que impacta diretamente a vida dos idosos: três em cada dez, ou seja, 33% dessa parcela consumidora não compra algo que têm vontade por não ter acesso fácil ao crédito. A pesquisa identificou que 10% deles deixaram de comprar carros e motos por falta de crédito, 5% de fazer viagens e 5% dos idosos brasileiros afirmaram não ter comprado eletrodomésticos pelo mesmo motivo. Além disso, 15% dos entrevistados já passaram pela situação de ter o crédito negado, principalmente em bancos (5%), lojas de eletroeletrônicos (4%) e financeiras (4%)”.

Fonte: Economia – iG 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE

A Credilink é uma empresa de informações cadastrais para Proteção ao Crédito e Prevenção à Fraude. Reforçamos que não atuamos com serviços de empréstimos.

Acompanhe sempre nossos canais oficias:

facebook.com/credilink
facebook.com/confirmeonline
instagram.com/credilink
linkedin.com/company/credilink
twitter.com/credilinkinf