Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Pedidos de recuperação judicial no comércio dobram em 2016
Pedidos de recuperação judicial no comércio dobram em 2016

14 de setembro de 2016

 

Estudo revela que o número de recuperações judiciais requeridas no setor de comércio no país mais que dobrou na comparação entre os sete primeiros meses de 2016 e os sete primeiros meses de 2015. O aumento chegou a 106,9%. Entre janeiro e julho de 2015 as recuperações judiciais requeridas somavam 187 e, no mesmo período de 2016, foram 387. Enquanto em 2015 o segmento respondia por 29,8% do total de recuperações requeridas, em 2016 o percentual aumentou para 35,2%

 

A recuperação requerida se dá quando a empresa entra com o pedido de recuperação em juízo, acompanhado da documentação prevista em lei, e que será analisado pelo juiz. Neste momento, verificará se o pedido poderá ser aceito. O segundo segmento que mais sofreu aumento neste tipo de requisição neste ano foi o de serviços. De janeiro a julho de 2016 foram 427 pedidos contra 252 no mesmo intervalo de meses do ano passado.

 

Já o setor industrial registrou aumento de 53,0% nas recuperações judiciais requeridas, passando de 166, entre janeiro e julho de 2016, para 254, entre janeiro e julho de 2016. Entre todos os segmentos, o aumento no número de recuperações requeridas no mesmo período foi de 75,1%, passando de 627 requisições, nos sete primeiros meses de 2015, para 1.098 em igual período de 2016. Veja abaixo a tabela completa de recuperações requeridas.

 

Na análise comparativa mensal, entre julho de 2015 e julho de 2016, também há aumento de pedidos de recuperação requerida em todos os segmentos, passando de 135 na avaliação anterior para 175 na atual. Nesse caso, serviços é o setor que mais registrou aumento, com alta de 66,0%. Segundo especialistas, a expressiva queda no consumo das famílias neste ano de 2016, determinada pela escalada do desemprego, pela inflação e juros altos, impactaram negativamente a atividade do setor comercial. Isto provocou um crescimento acentuado nos pedidos de recuperação judicial nas empresas deste setor.

 

 

Fonte: Canal Executivo

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE - CORONAVÍRUS

Para preservar os nossos funcionários, os atendimentos estão funcionando apenas nos e-mails:

Suporte: suporte@credilink.com.br
Financeiro: financeiro@credilink.com.br
Pos-venda: posvenda@credilink.com.br

Os nossos telefones fixos estão temporariamente indísponíveis.

Salientamos que os nossos serviços continuam funcionando normalmente 24h por dia.