Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Evento da Credilink mostra como combater fraudes digitais e no crédito financeiro
Evento da Credilink mostra como combater fraudes digitais e no crédito financeiro

29 de maio de 2017

Seminário gratuito em São Paulo reuniu os maiores especialistas para apresentar o que há de novo na garantia da segurança de dados e como eles podem ajudar nas investigações e processos judiciais.

Profissionais da área de tecnologia, segurança da informação e dirigentes de instituições financeiras ou ligadas à proteção de dados lotaram o auditório do espaço de eventos no Renaissance São Paulo Hotel, na capital paulista, no último dia 25. Isso porque os maiores especialistas do setor apresentaram o que há de novo no uso de dados para a segurança financeira nas instituições financeiras e na proteção do consumidor.

O evento foi aberto por Mauro Melo, CEO do Grupo Credilink, que destacou a importância do evento: “Quando fornecemos informações estamos protegendo o consumidor e as empresas. Estamos investindo no país. Continuaremos acreditando no Brasil. Temos orgulho da nossa nação e vamos continuar trabalhando por um país melhor”, disse.

O superintendente da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), Antônio Augusto de Almeida Leite (Pancho), fez coro: “Precisamos transmitir conhecimento. É um árduo caminho a ser percorrido, mas queremos contribuir para um país melhor”.

A palestra de abertura foi com Eberson Bento da Silva, perito judicial e especialista em identificação de fraudes pelo FBI. De forma muito didática ele mostrou como são feitas as fraudes nos contratos de crédito financeiro e trouxe números impressionantes que revelam que mais de 70% das fraudes são praticadas por funcionários. Por isso ele destacou a importância do compliance, que funciona como uma corregedoria dentro da própria empresa, da acuidade visual para detectar fraudes e de um bom sistema de consulta de crédito. “Na polícia civil adotamos o sistema da Credilink que tem um excelente resultado. Já testamos outros, mas até hoje esse é o que melhor nos atende. Já prendemos quadrilhas especializadas devido ao sistema. Sou grato a Credilink pelo papel que ela desempenha no suporte à segurança pública do Brasil”, afirmou.

Em seguida foi a vez de Raul Fontenelle, matemático e analista de sistemas sênior, tratar da ampliação das investigações de crédito e cobrança para evitar fraudes. Ele mostrou como são coletados os dados usados pelas quadrilhas e mostrou as fraquezas desses grupos criminosos. Ele apresentou ainda um produto inovador, o QCredi que alia os sistemas da Quanam e da Credilink cruzando dados e permitindo um rastreamento completo de fraudadores. Ele apresentou ainda casos reais que impactaram o público.

A terceira palestra do dia foi comandada por promotor de justiça e ex-agente da Polícia Federal Dr. Diego Campos Salgado Fraga. Ele tratou da importância da informação nos órgãos públicos. Ele mostrou que só a informação pode por ajudar a agilizar o judiciário. “Hoje nós temos acesso ao Confirme Online, uma ferramenta poderosa para encontrar as partes envolvidas num processo, detectar óbitos e assim economizar tempo de uma ação que hoje fica cerca de oito anos em trâmite na Justiça Federal”, ponderou.

Encerrando o ciclo de palestras foi a vez de Patrícia Peck, advogada especialista em direito digital e autora de vários livros, que mostrou como combater os novos tipos de fraudes digitais. Ela citou casos atuais como o Ransomware, o ataque cibernético mundial, e como empresas e cidadãos podem se proteger.

Ao final, os palestrantes participaram de um debate com perguntas do público mediadas pela jornalista Cristiane Pelajo.

O resultado foi um sucesso, segundo os próprios participantes. “Eu não sabia que a maior parte das fraudes são feitas pelos funcionários das empresas”, disse Tabata Morais, analista de controle interno de tecnologia do Itaú.

A colega dela Simone Almeida estava entusiasmada: “Saímos daqui já com muitas informações que vamos levar para nossas reuniões”, disse.

“Eu tenho contato com a área de fraude pelo viés da tecnologia e vemos de forma muito pontual. Então, a amplitude dessas informações abriu o nosso olhar”, comentou a analista Eva Allocca.

“Isso embasa o trabalho que temos que fazer com a gestão de controles de informação”, avaliou o analista Djalma Silva.

O evento foi realizado pela Credilink, maior empresa de banco de dados do país, com o apoio da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi).

 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE - CORONAVÍRUS

Para preservar os nossos funcionários, os atendimentos estão funcionando apenas nos e-mails:

Suporte: suporte@credilink.com.br
Financeiro: financeiro@credilink.com.br
Pos-venda: posvenda@credilink.com.br

Os nossos telefones fixos estão temporariamente indísponíveis.

Salientamos que os nossos serviços continuam funcionando normalmente 24h por dia.