Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Europa e EUA reagem ao uso de dados do WhatsApp pelo Facebook
Europa e EUA reagem ao uso de dados do WhatsApp pelo Facebook

30 de agosto de 2016

Os reguladores europeus de proteção de dados prometem forte escrutínio sobre o uso de dados do Whatsapp pelo Facebook, anunciou nesta segunda, 29/8, a Comissão Nacional de Informática e Liberdade, CNIL, da França – que no momento lidera o Grupo de Trabalho do Artigo 29, que reúne as autoridades de proteção de dados do bloco europeu.

 

“Cada autoridade europeia vai acompanhar as mudanças na política de privacidade do Whatsapp com grande vigilância. O que está em jogo é o controle de usuários sobre seus próprios dados quando eles forem combinados por grandes atores da internet”, alertou o CNIL em nome do G29, segundo o jornal francês Le Monde.

 

A preocupação com o compartilhamento de dados entre o Whatsapp e seu dono – o Facebook comprou o app em 2014 – não se restringe ao lado de lá do Atlântico. Nos Estados Unidos, o Electronic Privacy Information Center, entidade de defesa de liberdades civis, sustenta que a nova política do aplicativo fere os compromissos firmados em 2014, quando foi comprado pelo FB.

 

A EPIC já apresentara naquele mesmo ano uma queixa à Comissão Federal do Comércio americana com relação ao negócio de quase US$ 20 bilhões firmado entre as duas empresas. E a FTC respondeu com as ressalvas definidas para a autorização do acordo.

 

Nesse caso, a decisão da FTC equivale ao que seria no Brasil a uma anuência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). E ao fazê-lo, a Comissão do Comércio dos EUA alertou que as empresas deveriam manter seus compromissos prévios com a privacidade dos usuários. O que a EPIC alega é que a mudança nos termos do Whatsapp fere esses compromissos.

 

Fonte:  Convergência Digital

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE - CORONAVÍRUS

Para preservar os nossos funcionários, os atendimentos estão funcionando apenas nos e-mails:

Suporte: suporte@credilink.com.br
Financeiro: financeiro@credilink.com.br
Pos-venda: posvenda@credilink.com.br

Os nossos telefones fixos estão temporariamente indísponíveis.

Salientamos que os nossos serviços continuam funcionando normalmente 24h por dia.