Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Brasileiros são vítimas de criptomineradores escondidos em apps de futebol
Brasileiros são vítimas de criptomineradores escondidos em apps de futebol

10 de abril de 2018

A fabricante russa de antivírus Kaspersky Lab afirma ter evidencias de que os brasileiros são as maiores vítimas, ao lado de ucranianos e russos, de criminosos que escondem mineradores disfarçados de aplicativos móveis de VPN e de transmissão de jogos de futebol.

“Os especialistas da Kaspersky Lab encontraram evidências de que os criminosos estão incluindo funcionalidades de mineração em aplicativos legítimos e os espalhando disfarçados de aplicativos de VPN e de transmissão de jogos de futebol, sendo o Brasil e a Ucrânia as maiores vítimas”, informa a empresa. Segundo a empresa, os ‘mineradores legítimos’ mais populares são os aplicativos para transmitir vídeos de jogos de futebol e, ao mesmo tempo, minerar criptomoedas discretamente.

“Para isso, os desenvolvedores usaram o minerador em JavaScript Coinhive. Quando os usuários iniciam a transmissão, o aplicativo abre um arquivo HTML com o minerador em JavaScript incorporado, convertendo a capacidade da CPU dos visitantes na criptomoeda Monero e beneficiando seu criador. Os aplicativos foram disseminados via Google Play Store, e o mais popular deles foi baixado cerca de 100 mil vezes, sendo que 90% desses downloads eram origem brasileira.”

O segundo principal alvo seriam conexões VPN. “A Kaspersky Lab descobriu o minerador Vilny.net, que é capaz de monitorar a carga da bateria e a temperatura do dispositivo para ganhar dinheiro com menos risco para os dispositivos atacados. Com esse propósito, o aplicativo baixa um executável do servidor e o processa em segundo plano. O Vilny.net foi baixado mais de 50 mil vezes, em sua maioria por usuários da Ucrânia e da Rússia.”

Fonte:  Convergência Digital

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Para fechar um negócio com a Credilink, entre em contato com os nossos consultores.
Alerta contra Fraudes