Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Brasil está entre os quatro maiores do mundo em troca de tráfego na Internet
Brasil está entre os quatro maiores do mundo em troca de tráfego na Internet

24 de abril de 2018

O Brasil está nas 50 maiores rotas de internet e tem o maior Internet Exchange do mundo em número de participantes. O IX.br teve um crescimento de tráfego de 79% em 2017 e aumento de 27% de participantes em 2017. Em palestra na Convenção Abranet 2018, que acontece na Bahia, Milton Kaoru Kashiwakura, do NIC.br, destacou que o País também é número um da América Latina em troca de tráfego internet e está entre os quatro maiores do mundo, tendo tido pico de 3,5 Tbit/s e média de 2,4 Tbit/s.

“Estamos galgando posições, hoje com pico de 3,5 3,5 Tbit/s. Se dobrarmos a capacidade seremos o número um do mundo”, disse. Kashiwakura acredita no crescimento, uma vez que espera que companhia com alta geração de tráfego, como a Apple, entre como participantes. “Estamos esperando que a Apple chegue algum dia aqui e o tráfego dela em outros países é razoável. A entrada de grandes participantes pode aumentar a quantidade de tráfego”, explicou. O crescimento do IX.br também virá do aumento de participação dos sistemas autônomos (AS, na sigla em inglês). Atualmente, 76% dos maiores AS estão presentes.

Na comparação mundial, o valor cobrado no Brasil ainda está mais caro que países europeus. Mostrando uma análise da Telegeography, Kashiwakura apontou que, enquanto o preço médio praticado em São Paulo está em US$ 6 o mega para porta de 10 gigabits, em Amsterdam o preço é de US$ 0,54 e em Frankfurt de US$ 0,62.

Na palestra, Kashiwakura também revelou que não haverá congelamento durante todo o período da Copa do Mundo, como ocorreu em 2014, quando o NIC.br congelou pedidos de novos ingressantes e de aumento de capacidade desde 30 dias antes da primeira partida da Copa e foi até o fim do evento. Neste ano, o congelamento ocorrerá apenas nos dias nos quais o Brasil jogar. “Vimos que a nossa infraestrutura funciona bem durante todo o ano e não há sentido fazer o congelamento durante toda a Copa”, disse.

Outro tema abordado foi a pouca quantidade de sistemas autônomos na região da América Latina. São 7.942 AS, somente atrás da África e bastante longe do total 37.985 da região europeia. Na AL, o Brasil domina, tendo 5.628 AS — a Argentina tem 855 e o México tem 371.

 

Fonte: Convergência Digital 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE

A Credilink é uma empresa de informações cadastrais para Proteção ao Crédito e Prevenção à Fraude. Reforçamos que não atuamos com serviços de empréstimos.

Acompanhe sempre nossos canais oficias:

facebook.com/credilink
facebook.com/confirmeonline
instagram.com/credilink
linkedin.com/company/credilink
twitter.com/credilinkinf