Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Botnet que infectou mais de 100 mil câmeras IP foi disseminado por hackers jovens
Botnet que infectou mais de 100 mil câmeras IP foi disseminado por hackers jovens

21 de dezembro de 2017

A Justiça dos Estados Unidos acusou três homens de serem os responsáveis por um ciberataque generalizado que paralisou a internet em vários países no fim de 2016. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou que um dos hackers, o ex-estudante de Informática de 21 anos Paras Jha, admitiu ter codificado o programa malicioso usado para disseminar o golpe e se declarou culpado. Josiah White e Dalton Norman, de 20 e 21 anos, respectivamente, também se declararam culpados por ajudar Jha no ataque. O ciberataque paralisou muitos sites nos EUA e em outras partes do mundo em 21 de outubro, incluindo Twitter e Amazon.

Segundo documentos judiciais tornados públicos, Paras Jha admitiu ter codificado o “botnet” Mirai. Essa rede lhe permitiu controlar 100 mil objetos conectados. Esse exército de máquinas foi usado hackers para lançar os ataques de negação de serviço a vários servidores. Durante essas investidas, milhares de computadores tentam acessar um único serviço conectado com o objetivo de inundá-lo com solicitações e tirá-lo do ar.

O Mirai contamina câmeras de segurança IP e gravadores digitais de vídeo (DVRs). A firma de segurança Imperva estimou que 11,8% dos dispositivos infectados por esse vírus estavam no Brasil, segundo país mais afetado pelo malware. A fatia brasileira só era menor que a do Vietnã, que é de 12,8%. Após o golpe, o ex-estudante publicou o código-fonte do malware em um fórum para permitir que outras pessoas usassem. Os três enfrentam condenações de prisão e multas por várias acusações, incluindo fraude.

Fonte: Convergência Digital

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Entre sempre em contato direto com a empresa antes de fechar um negócio. Na Credilink todos os consultores podem ser acionados pelo telefone 4007-1762.
Alerta contra Fraudes

AVISO IMPORTANTE

A Credilink é uma empresa de informações cadastrais para Proteção ao Crédito e Prevenção à Fraude. Reforçamos que não atuamos com serviços de empréstimos.

Acompanhe sempre nossos canais oficias:

facebook.com/credilink
facebook.com/confirmeonline
instagram.com/credilink
linkedin.com/company/credilink
twitter.com/credilinkinf