Faixa do topo de Notícias
Banner de Notícias
Fique por dentro sobre tudo que acontece no mercado financeiro, no Brasil e no Mundo.
Ataque hacker desaba preço das criptomoedas
Ataque hacker desaba preço das criptomoedas

13 de junho de 2018

A bolsa de moedas digitais sul-coreana Coinrail anunciou que sofreu um ataque hacker no final de semana, o que disparou uma queda acentuada no valor do bitcoin em meio a preocupações renovadas sobre a segurança de mercados de criptomoedas.

Em comunicado publicado nesta segunda-feira, 11/06, a Coinrail afirmou que seu sistema foi atingido por um ataque hacker, causando uma perda de cerca de 30% das moedas negociadas na bolsa. A empresa não quantificou o valor da perda, mas o veículo de notícias sul-coreano Yonhap estimou que cerca de 40 bilhões de wons (37,28 milhões de dólares) em moedas digitais foram roubados.

O roubo na Coinrail, uma bolsa relativamente pequena de criptomoedas da Coreia do Sul, fez o preço do bitcoin despencar para o menor nível em dois meses. A Coreia do Sul é um dos maiores mercados de moedas digitais do mundo e abriga uma das mais movimentadas bolsas de criptomoedas do mundo, a Bithumb.

Na Bitstamp, sediada em Luxemburgo, o bitcoin era negociado às 9h32 (horário de Brasília) a 6.777 dólares, queda cerca de 10 por cento ante a sexta-feira, acumulando baixa de cerca de 65% em relação ao pico atingido em meados de dezembro. Não é a primeira vez que um ataque hacker atinge o segmento das criptomoedas.

Em 2014, a bolsa japonesa Mt. Gox, que chegou a lidar com 80% dos negócios com bitcoin do mundo, entrou com pedido de recuperação judicial depois de perder bitcoins avaliadas em cerca de 500 milhões de dólares. Mais recentemente, a bolsa sul-coreana de criptomoedas Youbit fechou as portas após ser atacada por hackers duas vezes.Autoridades globais têm alertado que investidores precisam ter cautela ao negociar com moedas digitais dada a falta de regulação.

Fonte: Convergência Digital 

« | »
← Voltar para a listagem de notícias
Alerta contra Fraudes
Atenção: fraudadores se passam por funcionários de empresas respeitadas para efetuar golpes. Para fechar um negócio com a Credilink, entre em contato com os nossos consultores.
Alerta contra Fraudes